sexta-feira, 9 de junho de 2017

LEIO E PASMO

Leio e pasmo. Parece que o ministro Tiago Brandão Rodrigues é indiferente à qualidade na educação. Anda, com a sua secretária de estado, perdido em guerrilhas ideológicas que pouco têm a ver com o futuro dos nossos jovens e com as necessidades do país:

http://observador.pt/opiniao/obrigado-tiago-por-condenares-mais-uma-escola-neste-caso-a-melhor-escola-do-distrito-de-santarem/

1 comentário:

  1. Para evitar o maniqueísmo de pensar que a escola pública é má e a com contrato de associação é boa, havia que dar a ambas as mesmas condições como, por exemplo, a escolha dos respectivos docentes e a escolha dos seus alunos. A escola pública é obrigada a aceitar os seus alunos e professores nomeados por concurso em que, por exemplo0, no 2.º ciclo do básico um professor para leccionar Matemática (e apenas essa disciplina). de posse de diploma universitário, pode ser preterido por um outros oriundo de uma escola superior de educação, capacitado para ministrar matemática e ciências da natureza, que possua um valor a mais de carta de curso, sabendo-se, de antemão, qua as classificações do politécnico são mais elevadas, A bem do ensino dos nossos jovens acabe-se com essa diferença, dando a ambas idênticas condições.



    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.